Marketing & Communications | PR, Brand & Digital Media Strategist | Filmmaker and Scriptwriter

Esta análise inclui uma revisão de ‘Ghost of Tsushima’ (2020) e ‘Ghost of Tsushima Director’s Cut’ (2021). O capítulo inicial refere-se à mais recente versão do jogo.

Modo de Fotografia, Ghost of Tsushima Director’s Cut

Ghost of Tsushima Director’s Cut

“Uma experiência avassaladora!”

Foi na Ilha de Iki que a aventura do nosso herói Jin Sakai começou, há muitos anos, com memórias que o perturbaram a vida toda, mesmo que silenciosamente. …

★★★★— Um dos Call of Duty com maior componente narrativa, que faz guiar opercurso das personagens num modo campanha interessante e um multiplayer explosivo.

O meu problema com os FPS’s prende-se com a falta de acuidade visual que me impede de acertar eminimigos em estado de alerta ou quando estes surgem do nada e começo a apontar para todos os lados menos para eles, tal não é o meu estado de jogabilidade de shooters

★★★★★ — A caminhar para o segundo aniversário de Death Stranding, Hideo Kojima — como seria de esperar — ainda teria algumas surpresas para quem acompanhou o jogo desde 2019, e com uma reforçada experiência para os jogadores que, agora, passam a conhecer a aventura de Sam Porter Bridges.

A melhor adaptação ao nível gráfico de um videojogo da anterior geração para a nova, até hoje.

São poucos os jogos recentes aos quais não me importo de colocar as mãos no fogo e convencer todos em meu redor que, determinado jogo, é obrigatório. Death Stranding está nessa restrita…

Bernardo Pinto Candeias

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store